Smart Cities 2017

04/07/2017

Data Original: 04/07/2017

A equipo do Plano São João 2050 esteva presente no congresso Connected Smart Cities, que ocorreu em São Paulo nos dias 22 e 23 de junho. A Chefe de Assessoria de Gestão, Planejamento e Desenvolvimento econômico, Amélia Queiróz, foi uma das palestrantes do evento, que contou com a participação de gestores públicos de todo o Brasil, além de representantes do setor privado e grandes marcas ligadas a tecnologia e soluções inovadoras para questões urbanas.

Amélia Queiróz apresentou o Plano São João 2050, plano estratégico de longo prazo que visa orientar o crescimento da cidade, identificando suas fraquezas e pontos fortes através de uma análise profunda do município. Após a apresentação, diversos gestores públicos elogiaram a atuação de São João pela organização e consciência em planejar o futuro de uma maneira criteriosa e responsável, com a participação de toda a população, que abraçou o projeto e participou de forma ativa.

Um assunto presente em quase todas as pautas, foi o momento em que estamos vivendo e todas as oportunidades que este período traz consigo. Assim como uma vez a revolução industrial causou um grande impacto em sua época, chega a vez da tecnologia revolucionar nosso cotidiano. Com o surgimento da Internet das Coisas (IoT) cada vez mais os processos tendem a ser automatizados e os sistemas digitais estarão diretamente ligados com o ambiente físico. Neste aspecto, vimos o quanto é atual e alinhado com tendências nacionais o Polo de Tecnologia de São João.

Um assunto abordado em alguns painéis do evento foi a mudança da mentalidade da população das futuras cidades digitais. A população brasileira é criativa e mais do que ninguém conhece as necessidades de suas cidades, uma provocação levantada foi a de incentivar a os munícipes a agirem de outra maneira, buscando soluções e alternativas tecnológicas para dificuldades encontradas no cotidiano e não apenas depender do poder público para resolver problemas. Essa pauta não isenta a governança local de realizar suas ações, mas busca que a sociedade civil e o poder público possam trabalhar em conjunto para a criação de uma cidade digital. Nossos parabéns vão para a população sanjoanense, que participou ativamente do processo de planejamento da cidade, e também da busca por soluções e melhorias. Como deixar de lembrar dos alunos do SESI 156 São João que organizaram uma feira de ciência com soluções para a cidade? Um grande exemplo de cidadania.

Além da responsável pelo Planejamento e Gestão, a equipe da Agência de Desenvolvimento também esteve presente no congresso, discutindo soluções e propostas com diversas lideranças políticas, como o prefeito de Vitória - ES, Luciano Rezende, prefeito de Vinhedo - SP, Jaime Cruz, o responsável pela área de tecnologia da cidade canadense de Mississauga, Shawn Slack, além de diversas outras lideranças empresariais, como Thyssenkrupp, Atech, Itaú, Câmara de Comércio Brasil – Canadá, entre outras empresas e instituições nacionais e internacionais. O saldo do congresso foi extremamente positivo, mostrando que os projetos do Plano São João 2050 estão alinhados com as tendências de gestão pública no cenário brasileiro.

Em breve, vídeos com entrevistas e depoimentos dos participantes do Smart Cities serão disponibilizado em nossas redes sociais para todos os interessados.

 

Confira como foi: