Notícias

O futuro a quem pertence? [Clipping]

  • 07/07/2015
  • 2

OMunicipio-02-02-15-
O futuro a quem pertence? [Clipping]
Nesta semana, foi apresentado pela prefeitura o resultado de um diagnóstico socioeconômico sobre nossa cidade. No discurso inicial, o prefeito Vanderlei Borges se disse contente com a realização do trabalho e exortou a participação popular no futuro processo da discussão do Plano Diretor. Um sinal curioso, já que atualmente não há possibilidade de participação da população nos processos decisórios. A transparência de dados vem andando a passos lentos e audiências públicas não são levadas muito a sério. Em suma, escantear a sociedade nas discussões tem se tornado regra.

A primeira parte da apresentação, a cargo da empresa Fortes, Gimenes & Marcondes Ferraz, tratou de questões urbanísticas já familiares. O diagnóstico, muito bem estruturado e sobre uma base científica robusta, apontou a falta de equipamentos culturais, de áreas verdes e lazer. Mostrou incoerências na forma com que lidamos com nossos rios e seus desdobramentos, como as enchentes. Sugeriu a criação de parques lineares, um maior adensamento do centro da cidade, mudanças em nossa estrutura de transportes, demonstrou nossas potencialidades. Sem surpresa alguma, criticou a forma como a cidade tem crescido, com loteamentos em excesso, já apontado aqui como fruto da esbórnia especulativa que existe hoje e da leniência do poder público nesta questão. Enfim, muito do que já tem sido tratado pela população há pelo menos uma década, mas convenientemente ignorado pela administração municipal.

A segunda parte, apresentada pela Urban Systems, mostrou um trabalho bastante diferente. Elaborado em grande parte com base em entrevistas com “formadores de opinião”, mostra pouco rigor científico. Ignorar a tendência que já aparecia em 2014 de que seríamos a cidade que mais perderia postos de trabalho em toda a região diz muito. Também seria razoável projetar os reflexos no comércio estabelecido em função da instalação do shopping. Espera-se que na discussão do Plano Diretor possamos separar o joio do trigo, com o distanciamento crítico devido.

Fonte: http://www.omunicipio.jor.br/Articulistas/LeonardoBeraldo/o-futuro-a-quem-pertence.html
[02/02/15 - O Município - O futuro a quem pertence? - Autor: Leonardo Beraldo]

Leia mais

Estudo aponta ineficiência no crescimento urbano de São João [Clipping]

  • 07/07/2015
  • 2

OMunicipio-02-02-15Na última quarta-feira (28) foi apresentado oficialmente o diagnóstico econômico, contratado junto às empresas Urban System e FGMF, que levantou aspectos urbanos e potenciais de negócios de São João da Boa Vista. A radiografia compilada em quatro publicações servirá para que não só os políticos, mas a população tenha em mãos os problemas, as qualidades e as oportunidades da cidade, que está em desenvolvimento.

Sem contar com os olhos e os ‘ranços’ da comunidade inserida no município, as empresas traçaram pontos fracos e fortes, inclusive apontando sugestões para que São João atinja a eficiência durante o crescimento. Lourenço Gimenes, arquiteto e urbanista responsável pelos aspectos e potenciais urbanos, afirma que São João possuiu uma característica diferente em relação às cidades vizinhas, porém ainda é ineficiente na forma com que cresceu. Apontando falhas durante o processo de construções e lançamentos de loteamentos, Lourenço destaca a segregação feita entre as classes sociais. Hoje, São João tem o maior crescimento para os sentidos Sul e Leste.

No estudo fica visível que os conjuntos populares de menor potencial econômico (casas de programas habitacionais) se multiplicam ao sul, sentido Santo Antônio do Jardim e Espirito Santo do Pinhal, enquanto uma área considerada mais nobre se desenvolve sentido Serra da Mantiqueira. Dados obtidos no documento mostram ainda que São João poderá sofrer com infraestrutura mal planejada caso não mude os rumos. Para se ter uma ideia, a densidade ideal seria de 150 a 200 habitantes por hectare, mas aqui esse número não passa de 20 pessoas para esta medida. Isso é reflexo, segundo o arquiteto e urbanista, dos mais de 15 milhões de metros quadrados desocupados nas regiões urbanas. 

“Temos um crescimento ineficiente da cidade. Se continuar assim, as pessoas terão mais dificuldades com locomoção, saúde, educação e prestação de serviços. Não considero ruim a qualidade de vida, graças à economia local, mas é preciso repensar nos próximos loteamentos”, afirma Lourenço.

Neste caso, a apresentação demonstra que a cidade precisa, urgente, elaborar um novo plano diretor para planejar o seu desenvolvimento.

Economia
O crescimento demográfico também está ligado diretamente à economia local, já que quanto mais moradores, mais empregos, serviços e bens de consumo são necessários para suprir a demanda.
Dessa forma, o estudo apontou ainda oportunidades para o município que já investiu milhões de reais no distrito industrial em busca de novas empresas interessadas em abrir seus negócios em São João.
Entre os pontos detectados, o estudo aponta que se a cidade quer crescer efetivamente, precisa investir em indústrias de tecnologia e mão de obra especializada. Além disso, o estudo demonstra que a cidade tem potencial e precisa desenvolver melhor o setor de prestação de serviços, se tornando um polo educacional, de saúde e outros.

Polo aeronáutico
O polo aeronáutico foi outro tema trabalhado de forma minuciosa no estudo, que deu diretrizes para que isto aconteça. Segundo o trabalho, investir em empresas de produção de peças para aviões de pequeno porte seria o ideal. Em modos gerais, é como se São João se transformasse em uma São José dos Campos para a aviação esportiva brasileira. Para cá viria desenvolvedores de peças, tecnologias e seria a referência para o resto do Brasil.

“Não acho que podemos tornar São João da Boa Vista um aeroporto regional de destaque apenas nos próximos 20 anos por conta do que estamos vivenciando, mas nos destacaríamos se fossemos detentores dessa tecnologia para aviação de pequeno porte. São João seria percursora desta tecnologia e poderia abrigar as grandes empresas do setor”, concluiu Amélia Queiroz, chefe da Assessoria de Planejamento da Prefeitura.

Fonte: http://www.omunicipio.jor.br/Sao-Joao/2015/02/estudo-aponta-ineficiencia-no-crescimento-urbano-de-sao-joao.html
[02/02/15 - O Município - Estudo aponta ineficiência no crescimento urbano de São João]

Leia mais

Visita técnica à USP Cidades - análise da minuta do Plano Diretor

  • 29/04/2016
  • 2

Representantes dos Departamentos da Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista fizeram uma visita técnica à USP Cidades, localizado na Cidade Universitária. Os mesmos analisaram e discutiram a minuta do Plano Diretor que está em processo de construção. O próximo passo é apresentar e discutir com a população sanjoanense nas audiências públicas. clique aqui para visualizar as datas.

 

 

Leia mais


Lançamento da Pesquisa: Jovem de São João da Boa Vista

  • 30/03/2016
  • 2

Pesquisa de Jovens é apresentada para a população

Os resultados da pesquisa “O Jovem de São João da Boa Vista” realizado pela Agência de Desenvolvimento foram apresentados na tarde do dia 29, na sala Múltiplo Uso do Theatro Municipal de São João da Boa Vista. Estavam presentes o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho, a Assessora de Planejamento Amélia Queiroz, representantes de instituições de ensino, assistência social, entre outros. Os dados apresentados surpreenderam os presentes que destacaram que a partir desses resultados irão trabalhar, em suas respectivas áreas, para que os anseios dos jovens sejam atingidos.

A pesquisa foi aplicada em todas as 18 escolas de ensino médio da cidade, entre públicas e particulares, com alunos de 119 bairros diferentes. Ao todo foram entrevistados 1.960 jovens entre 14 e 29 anos. Contudo, os jovens de 15 a 19 anos representaram mais de 90% dos entrevistados. Com isso, foi amostrado mais de 29% deste segmento da população, o que confere bastante confiabilidade nos dados.

Entre os destaques, está o resultado da avaliação dos jovens sobre diferentes aspectos da cidade. Os aspectos melhor avaliados são os cursos técnicos e profissionalizantes, a qualidade de vida da cidade e as escolas e universidades, nesta ordem. A diversão na cidade foi o item que recebeu a pior nota, seguida da oferta de emprego e das áreas de lazer.

É a primeira vez que uma pesquisa nesta temática e com esta abrangência é realizada em São João da Boa Vista e consiste em um importante instrumento para a gestão pública, para as instituições de ensino, entidades religiosas, comércio, e para todas as outras que tenham relação direta ou indireta com o público jovem.

Na pesquisa os jovens também declararam as palavras que melhor descrevem suas sensações de viver em São João. Nove entre as dez palavras mais citadas tem sentido positivo ou neutro, como foi o caso de bom/boa/feliz/tranquilo/normal/razoável, entre outras. As únicas expressões entre as dez mais citadas com sentido negativo foram aquelas relacionadas a falta de diversão como entediante/chato/monótono/pacato.

Estes e outros dados podem ser acessados online pois a pesquisa completa estará disponível no site do Plano Diretor, por meio do link:
http://www.saojoao2050.com.br/noticia/pesquisa-jovem-de-sao-joao-da-boa-vista

Mais informações sobre a pesquisa de jovens podem ser obtidas pelo telefone 3633-3669.



 

Pesquisa de Jovens é apresentada para a populaçãoOs resultados da pesquisa “O Jovem de São João da Boa Vista”...

Publicado por Plano Diretor São João da Boa Vista em Terça, 29 de março de 2016



 

Muito bom. Vale a pena ler e conhecer esta pesquisa !

Publicado por Plano Diretor São João da Boa Vista em Terça, 29 de março de 2016

Leia mais

Pesquisa: Jovem de São João da Boa Vista

  • 29/03/2016
  • 2

O objetivo desta pesquisa é fornecer informações sobre o jovem sanjoanense e sua perspectiva de futuro, para subsidiar a elaboração do planejamento estratégico de médio e longo prazo de políticas públicas municipais cada vez mais condizentes com a realidade destas pessoas. Não somente para a gestão pública, os resultados aqui contidos também são um importante instrumento para qualquer instituição que tenha relação com este público, como entidades de ensino e pesquisa, de assistência e até mesmo o comércio. É importante destacar que a periodicidade desta pesquisa pode proporcionar uma rica leitura do processo de mudança em uma sociedade altamente complexa e influenciada pelas trocas globais propiciadas pela internet e outros meios nos quais o jovem participa de forma intensa.

(...) Esta pesquisa possibilitará uma leitura de diversos aspectos do jovem sanjoanense, suas atitudes, comportamentos e expectativas, e tem como objetivo direto fornecer informações para subsidiar a elaboração do Plano São João 2050 e a revisão do Plano Diretor de São João da Boa Vista (SP). Foram abordados diversos temas para investigar o perfil dos jovens como religião, gênero, consumo de drogas, escolha profissional, atividades preferidas, meios de transporte utilizados, e também temas que trazem a visão do jovem sobre sua cidade e suas projeções para o futuro.

Foi realizado um grande esforço amostral na aplicação de questionários em todas as escolas do ensino médio do município, públicas e particulares, tendo sido colhidos 2023 questionário dos quais 1960 foram validados, preenchidos por jovens moradores de 119 bairros diferentes.

Os resultados são apresentados de forma fiel à maneira como o jovem respondeu às questões. Por isso, eventualmente, os resultados podem apresentar incongruências de sentido entre as questões. Um exemplo que elucida este aspecto são as questões sobre a escolha profissional, em casos em que um mesmo jovem assinalou que não escolheu sua profissão na questão de múltipla escolha e, em contrapartida, declarou uma profissão no campo aberto para preenchimento. Dessa maneira, devemos ler os dados considerando as possíveis contrariedades na manifestação dos jovens ao responderem o questionário de forma livre.

 

Está disponível para consulta e download o Relatório Descritivo da Pesquisa: O Jovem de São João da Boa Vista.

Faça o Download: Opção 1, Opção 2.

RELATÓRIO DESCRITIVO - PESQUISA O JOVEM DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA-1

Leia mais

AMANHÃ! Lançamento da Pesquisa: "Jovem de São João da Boa Vista"

  • 28/03/2016
  • 2

Apresentaremos o diagnóstico com dados sólidos, qualitativos e quantitativos sobre religião, sexualidade, consumo de drogas, escolha profissional, avaliação dos jovens sobre a vida em São João e sobre diferentes aspectos da cidade como transporte público, áreas de lazer, qualidade de vida, oferta de emprego e universidades.

Quando?
Terça-feira, 29 de março, às 15hrs.

Onde?
Av. Dona Gertrudes, s/n - Praça da Catedral. Sala Multiuso do Theatro Municipal.

 

AMANHÃ! Lançamento da Pesquisa: "Jovem de São João da Boa Vista"Apresentaremos o diagnóstico com dados sólidos,...

Publicado por Plano Diretor São João da Boa Vista em Segunda, 28 de março de 2016

Leia mais

Vamos juntos pensar e planejar o turismo em nossa cidade?

  • 28/03/2016
  • 2

A cerca de 15 dias recebemos Marcelo Skaf, esteve em visita a cidade e conheceu um pouco das potencialidades que o turismo regional possui. Em seguida, Skaf fez uma palestra sobre considerações no planejamento do turismo no auditório da Ciesp.

Vamos juntos pensar e planejar o turismo em nossa cidade?

Assista o vídeo e deixe seu comentário!

Participe do fórum: 
http://www.saojoao2050.com.br/forum/topico/vamos-juntos-pensar-e-planejar-o-turismo-em-nossa-cidade-13

 

Na ultima quinta-feira, dia 17 de março, Marcelo Skaf, mergulhador, fotógrafo, cinegrafista, formado em Oceanografia, esteve em visita a cidade e conheceu um pouco das potencialidades que o turismo regional possui.Em seguida, Skaf fez uma palestra sobre considerações no planejamento do turismo no auditório da Ciesp.Vamos juntos pensar e planejar o nosso turismo?Assista o vídeo e deixe seu comentário!Participe também do fórum, http://www.saojoao2050.com.br/forum/topico/vamos-juntos-pensar-e-planejar-o-turismo-em-nossa-cidade-13

Publicado por Plano Diretor São João da Boa Vista em Quinta, 24 de março de 2016

Leia mais

Depoimento do Prefeito da cidade financeira de Londres sobre o Connected Smart Cities

  • 05/08/2015
  • 2

No Facebook do Connected Smart Cities, há este depoimento do Prefeito da cidade financeira de Londres, Sir Alderman Alan Yarrow. Explanou que devemos estar atentos em planos que podem melhorar a infraestrutura das nossas cidades. Informou que estão dispostos à colaborar com o Brasil.

Assista abaixo

 

 

Já estamos contando as horas para o evento que começa nessa segunda-feira!Agora queremos compartilhar com vocês o...

Posted by Connected Smart Cities on Sexta, 31 de julho de 2015

 

Fonte: fb.com/connectedsmartcities/videos/512607138897545/

Leia mais

Baixe o novo aplicativo para celulares e tablets

  • 23/07/2015
  • 2

 
 
 
 

bg-app

Disponibilizamos à todos o novo aplicativo para celulares e tablets com os sistemas Android e Apple. Fique por dentro de todas as notícias do Plano Diretor e colabore com sugestões por meio do aplicativo. Disponível aos munícipes que estiverem engajados em planejar uma São João melhor para se viver!

Faça agora download!

logo-apple

logo-google

 

 

A primeira etapa de reuniões acabou, mas o trabalho continua!

Posted by Plano Diretor São João da Boa Vista on Terça, 21 de julho de 2015

Leia mais